Parlamentarismo, mais um golpe contra o voto do povo

diante dessa situação surgiu com  bastante intensidade também essa semana  uma proposta que digamos assim  nós estávamos a esperando ela aparecer  no debate público que a proposta do  chamado parlamentarismo porque chamado  parlamentares porque ninguém está  propondo nenhum parlamentarismo de  verdadeiro é aquele parlamentarismo de  totalmente de fachada  a proposta em si com muita gente  destacou está certo isso daí ela nem  deveria ser apresentada porque ela já  foi derrotada mais de uma vez e em  plebiscito popular  a constituinte deixou em aberto o  problema do regime político do  parlamentarismo foi feito obtido foi  derrotado e tal  então quer dizer seria uma coisa que  deveria está encerrada mais uma manobra  golpista nem dos copistas dentro do  golpe que reflete também a situação  defensiva que a burguesia caiu essa é  uma das alternativas foram colocadas aí  é bom que a gente pode dizer sobre essa  alternativa do parlamentarismo  primeiramente é não devemos dizer o  seguinte é uma alternativa para a crise  que tende a gerar uma crise ainda maior  porque o parlamentarismo significaria  pegar esse congresso que está aí é  profundamente corrompido  antidemocrático com centenas de  deputados aí com processos no meio  dessa luta interna da burguesia onde o  ataque ao congresso a cada vez maior e o  congresso elegeria o governante do país  o que seria o equivalente da  presidência da república o primeiro  ministro quer dizer é uma proposta  extremamente arriscada do ponto de vista  político porque primeiro porque no  interior da burguesia não há consenso  nem de longe de que o congresso devia  governar  o governo do brasil sempre foi um  governo o regime político brasileiro  tanto na época do império como na  época da república velha como em todas  as outras etapas da república  ele sempre foi um regime cuja estrutura  era a estrutura de um regime de tipo bom  artista quer dizer você tinha uma  pessoa que se colocava acima das  instituições fosse o imperador fosse o  presidente da república através da  qual a burguesia agia para defender o  seu os seus interesses em todos os  momentos a gente pode ver por exemplo  que no império o imperador tinha um  papel fundamental na arbitragem dos  problemas do regime político  ele tem um grande poder é o avião  parlamentarismo muito é fraco né com  muito pouco poder político efetivo mas  ainda nuno primeiro império do que no  segundo  depois na república velha todas as  medidas importantes no setor da economia  principalmente as medidas que tendiam a  toda aquela política de valorização  do café partiu da presidência da  república  não por acaso a crise da república  vencido uma eleição presidencial  porque todo mundo sabia que o controle  do executivo era fundamental controle do  parlamento seria secundário a burguesia  sempre precisou desse governo semi  monárquico vamos dizer assim semi  bonapartista um governo onde a pessoa  que está lá em cima tem um poder maior  do que as outras instituições e por  ser justamente o governo de uma  camarilha de um pequeno grupo de pessoas  mais fácil de manipular em função de  interesses muito poderosos  economicamente mas no final das contas  minoritários na população  na época do café era o  bancos estrangeiros e o senhor barões  do café que participavam do processo  especulativo é hoje são os bancos  nacionais e estrangeiros que querem  controlar o governo diretamente para que  os bancos controlem o governo através  do congresso tempo todo é uma  operação muito complexa não quer  dizer parlamentarismo  ele teria que atravessar esse problema  você teria que ter um controle do  congresso para ter um controle do  executivo  por mais que o parlamentarismo colocasse  o primeiro ministro fora do controle do  congresso mas seja como for é difícil  que a interferência do congresso os  parlamentares não seja muito grande no  executivo porque o congresso vai ter que  eleger o executivo e tudo mais  quer dizer as camareiras dentro do  congresso que são dos grandes problemas  para a burguesia no regime político  atual elas adquiriram um poder político  ainda maior do que elas têm no no  presente momento o que é um complicador  a segunda questão dizer sobre o  parlamentarismo é que o parlamentarismo  é uma improvisação para evitar que o  voto popular  eleja uma pessoa que está contra o  processo está andando que seria nesse  caso o oeste presidente da república  lula fica muito claro que é uma  improvisação para evitar esse  desenlace ou seja evitar que a burguesia  perca o controle até certo ponto do  executivo é um golpe político também  dentro do da eleição você mudar as  características do regime político  desse tamanho dessa nessa medida  o atual momento é evidentemente um  golpe de estado  muito claro outro golpe de estado muito  claro é o paa a idéia do parlamentar  isso ela indica também a dificuldade da  burguesia ganha a eleição de  apresentar um candidato de apresentar um  sistema é um plano político para a  eleição que seja capaz de levar a  vitória o candidato dos setores é  fundamentais da burguesia  até porque a burguesia está dividida  em uma série de questões fundamentais  então nós temos aí um problema de  grandíssima envergadura  vamos falar daqui a pouco um pouquinho  sobre as eleições mas é isso que faz  com que é a ameaça da intervenção  das forças armadas no processo  político se torne cada vez mais uma  coisa palpável  nós da causa operária tv queremos uma  tv que fica 24 horas no ar para rebater  todo o monopólio da imprensa golpista  para isso precisamos do dinheiro  precisamos da sua contribuição para  contribuir é só entrar no link que vai  aparecer aqui na descrição e contribui  com quanto puder e o quanto quiser  é isso aí