Universidade Marxista nº 64 - Breve debate sobre identitarismo e marxismo

A causa Operária TV Já possui o recurso de membros do nosso canal  O que é isso  Nada mais é do que  Uma um recurso para você assinar o nosso canal e ser um contribuinte mensal  Com apenas r$ 8 você nos Ajuda a fortalecer  Esse canal revolucionário independente e socialista  Quem arruma aí  Para o 100 mil inscritos  Você  Agora além de ser inscrito além de nos ajudar a divulgar o canal de contribui  De todas as formas você pode ser um anjo  Além de contribuir E participar também  De transmissões exclusivas que a gente vai  Liberar apenas para os membros e ainda  Você vai poder também  Participar de um sorteio para vir aqui nos estudos  Participar dos debates de alguns Nossos programas que você conhece bem  Nossos problemas semanal  Diário portanto não perca tempo  Seja um membro do nosso canal  Contribua com a causa Operária TV e nos ajude a fortalecer  Essa imprensa nessa TV Operária revolucionária  E também nos ajude a aumentar nossa programação para uma TV 24 horas por dia 7 dias  Semana  Eu espero você como um membro da causa Operária TV Muito obrigado  Contribua com amor  Uma outra coisa que eu queria comentar sobre esse seu último comentário sobre a questão das  Políticas identitárias na de representação  Eu acho  Assim historicamente  Acho que a esquerda  Ficou muito  Especialmente a esquerda no Brasil  E continua pecando e continua errando  Da mesma maneira historicamente  Por não conseguir trabalhar com a questão  A interseccionalidade  É uma análise sempre de classe  E você me perdoa com todo respeito marxista taxista  Teca  É descaradamente  E tem a mente na minha opinião  É  Quando não se dá conta  De fazer uma análise mais completa  Vai Além da questão de classe  É porque a correção de classe não se resolve em si mesmo  A questão de classe se fosse analisar questão de classe  E as divisões de classe mesmo no movimento operário  As operárias não  Coisas acrescentar  Os negros Operários também muita coisa acrescentar  Os gays Operários também vão ter coisas acrescentar acho que  Acho que precisa de uma renovação  Intelectual de análise de prática de vivência de conversa de comunidade  De setores da  Da esquerda  Que começa a incorporar nacionalize e na sua convivência  Prática  De poder  Abraçar as questões identitárias de maneira mais não de maneira mais  Como se fala isso é com mais nuance  Com mais nuance de perspectiva  Porque acho que é uma balela Me desculpa  Se essa palavra  Pessoas desrespeitosas não é a minha intenção mas as contas Palácio na verdade  Dizer que  Dá atenção a questões  De diferentes setores da população  Causa desunião  Quer dizer isso Isso é uma pessoa um discurso tão atrasado tão antigo  Então atrasado  Sabe assim  Não me dá nem vontade de aprofundar porquê  Alta sofisticação  É falta sofisticação eu acho  E a gente precisa  Quer dizer a presença das mulheres nos partidos comunistas do mundo inteiro  Foi assim não foi só importante vocês iao  Né se você para entender o Partido Comunista aqui a gente acabou de voltar aqui do  Um Tur que mostra a  Né que trata da questão da história colonial do da Holanda no mundo  Para ir em um dos ativistas do Partido Comunista aqui na Holanda  Mulher negra  Quer dizer nação importante é essencial  Receber como todas essas identidades se cruzam  E como é a gente precisa  Para desconstruir as ideia de progresso  As ideia de progresso que é unicamente  Visto as vezes  Pela questão fascista  Cidade de progresso  Ou de pensamento liberal ou de pensamento liberalista  Progressista  Dentro do respectivo mais  Interseccional   Não faz isso não o contrário acho que abre  Abre conversas  Abre abre oportunidades para a gente conversar e aprender  Com outro  Boa noite São João  Primeiro eu acho bem delicado a gente trata  A questão racial no Brasil como um penduricalho  Os  Uma coisa que causa União no país que foi  Condado  Maskavo Krafta  Baseada em raça  Então eu acho que  Classe não resolve não explica nosso país  Não se ajuda completamente  Eu acho que tá tá até a pauta  Dos grupos da comunidade negra no Brasil  Como é o que deveria ter colocado  Em segundo plano como eu tenho visto pela própria esquerda  Uma coisa bem  É complicado é porque nós somos maior parte  População do Brasil  Eu particularmente acho que é admissível 2018  A gente tem que fazer essas concessões  Oi  A maior parte a maior parte da população é negra  A maior parte da população negra é pobre  O que é proletário eu acho bem delicado a gente continuar  Com esse discurso de que ok isso existe vamos por enquanto tocar mensagem daqui para a gente  Festa junina branca  Conectar o nome da cerveja branca  Masculina e sexy  Transfóbico não é isso agora o problema é quando a gente fala isso com essas palavras  No 6 as questões  A gente não namorava isso há 20 anos a 30 anos hoje a gente levanta e fala e cinco  Dá para operar  Transfóbico é sexista são todos certamente que não mas não boa parte  Certamente é  E quando você fala que esse movimento não vem da base  Aí eu volto para um ponto que ele escute aqui não manga algum tempo  A minha família boa parte da minha família negra  Não vê  Que existe o racismo estrutural no Brasil  Ela é tímida não tem educação  Nível superior a distrital minha primeira pergunta que eu sou um babaca  Nós somos ensinados  Nosso país  Raça não é uma questão  Eu fui ensinado  Que a gente é igual Independente de nossa raça de nossa cor de pele  Por que a constituição fala isso que todos são iguais perante  A gente vê que esse papel na prática não funciona não acontece dessa maneira  O livro na escola que você estuda  O que acontece  Sempre a mãe que é uma invisibilização 10% do livro  Os problemas que a gente enfrenta  Na sociedade  Então não a gente é aonde localização no Brasil  Então você é negro branco não importa você não tem é igual eu  A gente vê que nós somos a maior parte dos encarcerados do país  A maior parte  Nós somos pobres  São discriminados  Estamos somos impedidos de tem alguns lugares por sermos negros simplesmente por ser virgem  Por Nada Além disso  A gente não consegue entrar alguns espaços  Não tô falando  Diz  Na loja  Mas eu tô numa loja quando a política cotas foram  Qual a discussão  Qualidade Ah mas isso não pode fazer isso com ninguém tá preparado  As de sempre teve esses espaços  Obrigado e quando você fala  Que se movimenta mais conhecida classe média  Qual parte de nós que não temos acesso à educação  É superior ou outras leituras para além daquelas que eu tive acesso na escola  Quero um livro colonizado  Que ensinava que o Brasil foi descoberto por Pedro Álvares Cabral em 1500  Quando tiver acesso a outras pessoas além dessa  Eu consegui construir uma reflexão do que eu vivo  Isso não aconteceu até os 18 anos quando começa outras coisas a outra universo  Além  Daquela cidadezinha onde eu morava  Onde essas questões passavam muito distante  Então quando você fala que a esse movimento é da classe média  O que você deve tá querendo dizer o observado  É que uma parte dessas pessoas  Começou a ter acesso e fazer uma reflexão sobre que a gente vive  A partir de outros lugares que  Começar que começamos a ocupar  Meus primos e minhas primas Mexia  Eles não conseguiram acordar para isso eu nunca por eles  Eles não tiveram acesso a coisas que eu tive acesso a coisa que meus amigos tiveram acesso  Ainda acho que a piadinha que eles falam  Não tem problema nenhum é uma brincadeira que hoje é muito chata porque não pode fazer mais uma brincadeira eu não tenho  Reflexivo  É tão tão  Tô trabalhando porque não tem pressa muita muita coisa que eu  E outras pessoas  Tivemos acesso  E não é porque não vende a base é porque a base  Educação  Pouca gente tem acesso  Pouquíssima gente  E isso  Muito por conta também da invisibilidade que essa questão  Sofre No Brasil quando a gente fala por exemplo que isso não deve ser colocado como uma agenda  Importante para pessoas para criar de União Como assim no país que é meu partner  Como assim a gente tem como a gente vai aceitar  O admite que essa pauta fundamental  O que é estrutural de como país foi fundado  Instrução de como as pessoas se são distribuídas nas cidades e no território porque se você era  Por mim para Cidade você você vê claramente onde são os pobres e quem são esses pobres não sou  Os brancos que mora  Nas periferias em Samaria as periferias dos novos na sua velha e que são mortos pela polícia  A maior parte das pessoas pobres sim a questão de classe é importante mas são negras  A melhor parte é negra  Isso não pode ser minimizado ou negligenciado como eu tenho visto em vários discursos  Brasileira  Sempre a gente continuar avançando a gente precisa  Olhar para o nosso passado  Nosso presente e ver que futuro a gente quer  A gente tem um futuro diferente a gente quer produzir Mais do Mesmo e continuar deixando de lado quem sempre esteve  Estação de um país de mais de 500 anos mas que quase duzentos anos  Foi  Racialmente dividido entre quentinha ao  E quem ficar tinha alma quem tinha alma vivente pessoas brancas e tinham tudo  E que não tinha sequer alma sequer tinha  Status de pessoa humana  Mesmo pós-abolição isso não mudou tanto que tipo de suporte a gente teve  Depois que a abolição aconteceu  Que tipo de suporte a população negra teve no Brasil  Não dá para a gente agora em 2018 e falar que são penduricalhos  Essas no pauta que não deveria ser  Encarado com mais com mais vontade  O que são as mulheres ou dos lgbts das minorias  Pois a questão Negra e por quê  Eu acho que é realmente uma questão  Fundamental e como aparecer com algo identitário  Não como algo estruturante do nosso país  Imprevisível mas está lá nas raízes  Instruções para o dia a dia  Nos menores detalhes Nem sempre é tão visível mas está lá nos menores detalhes tomar uma questão de detalhes  Na questão estruturante que Funda  A sociedade brasileira e que não pode ser iniciada  Vamos lá  Sinceramente eu não sei direito com que esquerda que vocês têm defrontado aí  Deve ser muito ruim  Deve ser muito ruim mas não tem nada a ver comigo nem compensa  Primeiro  Não falei nem um momento Nem apense-se daí  Que a questão racial a questão da mulher é um penduricalho  O que o que eu falei o seguinte ela sabe que entender uma coisa a muitas posições  Sobre como levar dentro da luta do negro da mulher e de outras minorias  O caso do negro brasileiro da mulher  Em geral não  Bem  Você pode dizer que sua mãe não  Pergunta que ela me fez é sobre as posições que atualmente estão na moda em círculo  História sobre a questão do negro e da mulher  Com as quais outros  Agora descontar de uma posição sobre a questão do negro  Não quer dizer que eu sou contra a luta do negro que eu considero que é uma coisa  Primeiro vamos esclarecer isso daí  Nós  Nós colocamos o problema da mulher e do negro como nós  Como tá aquele marxista  Desde o começo da existência do nosso partido sempre tratamos o problema eu mesmo escrevi várias coisas sobre os  Sistemas  Me desculpa dizer mas vocês não tem a menor ideia do que nós temos essas posições  Não tudo bem mas você se referiu a mim  Não o que eu falei foi isso daí que certas posições  Existe sobre a questão do negro  O que hoje o pessoal chama de pautas identitárias  São posições autoritárias  E que da maneira como coloca o problema do negro da mulher do homossexual  Eles promovem a confusão é divisão  Eu não sou ninguém é obrigado a concordar com todas as posições que existe sobre a questão do negro  Tem gente que acha por exemplo que  O que é do próprio movimento negro  Vou dar um exemplo Malcom X por  Malcom X a chave  Quando ele tava nos muçulmanos negros  Que o branco é o demônio na terra  Eu não sou obrigado a concordar com isso  Até entendo porque que ele pensava  Eu sou obrigado a discordar dele  Bolo branco seja Demoníaco com negro  Literalmente como ele achava que ele era religioso  Rio Branco a Encarnação do demônio na terra  Não dá para concordar  Não quer dizer na hora que a pessoa luta  Na moral eu tô dando umas Pessoal vocês estão muito revoltado Tô dando um exemplo  O que falei é o seguinte eu dei um exemplo aqui  Alguns companheiros nossos recentemente falar assim  Chamar uma passeata para defender o direito das mulheres na qual os homens não podiam participar  Eu sou contra isso  Agora sim eu sou contra  Que haja uma passeata onde os homens são proibidos participar sou contra a luta das mulheres não sou contra uma  Concepção  Existe sobre a luta das mulheres  É isso que eu tava falando  Preço exemplo que outras coisas também que acontece  No movimento de negros em determinados setores que são parecidas com s  Eu não concordo Eu acho que o movimento tem que ser levado adiante  Buscando a unidade de todos os setores que são oprimidos  Isso não vai  Calma calma  Não não você não tá você não tá entendendo  A gente pode repetir o exemplo  Foi chamado uma passeata onde os homens eram proibidos de participar não tem nada a ver com a pauta do  Eu tô falando de um determinado método  Por exemplo eu já vi defrontei com situações que são as seguintes  A Fulano não pode falar nada sobre a questão do negro que é bran  Concordo eu não  Eu não lugar de Fala Não concordo com isso daí é absolutamente  Eu acho que essa essa colocação esse tipo de colocação  Reacionária e também não tem nada a ver  Com a luta do negro em geral  E nem com a luta da Mulher nem nada  É uma concepção que existe aí  Terminado as pessoas têm  Outra coisa  O problema da mulher  Eu acho que falar que a esquerda em geral têm esquerda que não dá o menor importância  Para nenhum problema abre não dá importância para nada em geral  A preocupação deles são as melhores  Agora nós temos que entender o seguinte  As principais concepções sobre a luta das mulheres historicamente e do negro  Surgir  Dos marxistas  Os mares nunca foram alisar o problema  Dos primeiros a elaborar Teoricamente O problema foi os marxistas  Por exemplo o dia internacional da mulher todo mundo  Agora até a ONU fala de você  Quem que criou isso  Segunda internacional foram os partidos socialistas marxistas  Não não não não mas eu não falei que está resumida como freira  Eu não você tem que ver você tem que ver o que que eu estou falando  Eu acho que vocês estão vocês estão muito  Vocês estão muito na defensiva com problema e se sentem muito atacados  Tá certo  Não não não  Só tô te dando um exemplo se você concorda com isso  Você você você acha  Você acha aparecer para você acha  E nós temos que separar o movimento negro  Das organizações de esquerda que são brancas  Não sei  Não eu sou eu sou eu tô questionando a ideia  Eu estou questionando a ideia  Tô pressionando a ideia  Eu acho que  Se alguém quer lutar pelos direitos das mulheres e as mulheres são bons são oprimidas  Preciso de toda a concentração de luta que possa ver  É preciso unificar as pessoas que querem lutar pelos direitos das mulheres Essa é minha Concepção  Se você acha que isso daí é errado então você precisaria demonstrar Por que que é errado se  Movimento negro  Há setores que são brancos que lutam pelo direito dos negros  Tem que unificar essa luta  É uma coisa simples é uma coisa elementar  O Marxismo sempre dá importância à questão da mulher  Sempre  Amor literatura vastíssimo  Marxista que começa no século 19  O próprio Marx com próprio em Deus  Falando do problema da mulher  Os marxistas e os movimentos negros que apareceram na maioria dos países  E que se desenvolveram eram ligados aos movimentos marxistas  Quase todos eles  Os marxistas foram os primeiros a elaborar o plano do negro  De um ponto de vista geral  Então eu preciso marxista e eu considero que o problema é um problema é importante por exemplo a questão da mulher  Vou dizer qual a minha opinião a opinião do meu partido  As mulheres são metade da sociedade  E só metade da classe operária você quer fazer uma revolução proletária  Não dá para fazer sem metade da classe operária  Você falasse  Eu sou a favor da luta da classe operária vai se excluir as mulheres é um contrassenso  Nenhum marxista nunca fez isso daí  Então  Não faz sentido esse negócio  Faz sentido nenhum  Vem sobre nós temos uma posição sobre o tema das mulheres dos negros  2 minorias  Eu posso mandar os documentos para vocês vocês analisam nós por exemplo  Nós temos um movimento de mulheres na temos uma discussão sobre o tema nós fazemos conferência de mulheres  Vai fazer uma reunião de mulheres últimos o tema muito tempo  Temos uma posição Clara nessas posições  Nossa explicando como sacar relação entre a luta de classes  E as outras lutas sociais que se desenvolvem na sociedade  É falso pensar aqui  Porque você é marxista E você acha que eu  A questão essencial é a luta de classes  Que as outras lutas não não existem  Você precisa de uma análise teórica determinada que não vai dar para fazer aqui agora  Só falta ele tempo  Mais uma coisa não está em contradição com alta de forma nenhuma  O Marxismo  O que é me explica é que a contradição essencial da sociedade  Entre a classe operária e burguesia sencial  Que aconteçam que pode mudar a sociedade que não haja outras contradições  Dentro da sociedade capitalista isso não é produção marxista  Eu já vi gente de esquerda falar isso daí  Não existe a luta da mulher só existe a luta de classes a luta do Trabalhador tá  Não tudo bem também não estou generalizando mas também não é a nossa pose  Não tudo bem se vocês se vocês ouviram da esquerda à esquerda um monte de  Absolutamente Dinho até sobre o problema da luta de negro da mulher  Normal  Se você se revolta é normal  Existe a questão do negro existe a questão da mulher existe a questão do indígena e a gente deve identificar forças todo  Para resolver isso com com  Agora e aí é uma sugestão que fica  Eu também reflexão  Como também para nossa enfim  Se existe uma luta  E se a gente acredita nela eu acho que é problemático agente público  A gente ressalta  Primeiramente os pontos negativos dessa luta  O que foi exatamente o que acho que o menino perceberam na sua sala o que eu percebi  Só fala primeira quando Luísa perguntou aí na sua resposta depois você explicou e tudo mais  Quando você coloca primeiramente que eu concordo com castanha de tarde a mais  O problema é que  Ela divide em que as pessoas são assim são assim você coloca um ponto  Negativo  Como você me falou de uma uma questão Pontual  O que pode acontecer no momento como por exemplo a gente pode escutar dentro do próprio entre mas está dizendo que  A questão  Entendi  E ressaltar uma questão Pontual  Quando na verdade é uma questão maior que ela precisa ser mais relevante  Relevância no disco  Por que isso é questão de discurso  E a questão de discussão é importante também porque me dizem que a gente só ressalta primeiro o ponto negativo de uma luta  A gente dá força por exemplo para quem é contra essa luta Olha aí  Tá vendo que é para esquerda contra isso  Entendi  E aí eu fico no meu eu quero colocar uma sugestão para receber também não por discurso porque o discurso  Sim  E poderosíssimo  Quando vocês falam  Pautas identitárias vocês não se dão conta de que isso daí é uma coisa  Que tem um significado especial  Não é  Pautas identitárias não é igual a luta da Mulher luta do negro  Só uma coisa que apareceu recentemente  Em círculos universitários em uma concepção específica da luta da mulher e da  Por exemplo se ela tivesse me perguntado  O que é que você acha da luta da Mulher Hoje simplesmente falar  Apoio acho importante acho fundamental de 70 mas ela falou a palavra  Pautas identitárias que é uma coisa bem diferente  Da luta da mulher  Não mas o problema é que pautas identitárias criança  Não não não não  Vocês tem que procurar entender quando alguém coloca o problema de qual Presidente está Está se referindo  Não não a culpa a uma determinada construção Vocês não tem consciência disso  Porque vocês não são como eu por exemplo muito mais velho  Que acompanha a luta do Neio muito antes que a expressão  E o conteúdo que data pautas identitárias tivesse aparecido a surgir  Não eu não eu acompanho a campanha eu acompanho  Eu não eu não eu acompanho  Não sou eu a companhia acompanho há muito mais tempo que ele que eu sou muito mais velho que ela  Vai só não tô  Eu tô  Eu tô me referindo a uma questão específica da esperança está bem  Quando eu comecei a militar  Não tinha pautas identitárias  O que tem a ver a luta do negro  Não sei se vocês ouviram falar no Brasil criou-se  Na década de 1970 uma organização chamada  Movimento negro Unificado  Que reúne a maior a maior parte das organizações  Que defender Abdias Nascimento tá um monte de gente  Prótese dentárias  O quê  É uma concepção determinada dessa luta  Sem aparecer muito depois desse ponto de vista que eu tô falando da experiência ele tem todo  Opinião dele  Qualquer que seja a idade dele e Qualquer que seja minha idade não vou  Qualificar ninguém por uma questão a Itália não é isso  O que vocês não tão entendendo aqui  Existe todo movimento que fala em pautas identitárias é esse movimento está carregado de um determinado conta  E eu não concordo com esse conteúdo  Esse é o problema  O que não tem nada a ver com a luta da mulher e a luta do negro em geral não é simplesmente isso  Então antes de  Eu só não vamos Não vamos não vamos vamos passar a noite inteira  Gente vamos a gente está encerrando a nossa discussão aqui dá licença  Oi  Olha é nós estamos encerrando aqui  Queria agradecer a presença de todos principalmente do Rui da equipe toda que tá aqui  Para nós foi super enriquecedor  Inclusive como se deu outros óculos dá para ver muita coisa que tá acontecendo no Brasil  Infinity convocar vocês todos para continuar mente continuar aqui  Debate  Nós vamos ter essa pessoa que vai vir que a gente comentou né ainda esse mês  Temos uma série de debates programação de cinema o menino que tava aqui que tá com uma proposta  De cinema também para a gente não brigar no início de outubro seria uma semana de filmes política  Brasileiros Então a gente tem várias coisas em andamento continuem ligados no After Dan pela  Se a contra o golpe  É o momento que o Brasil tá vendo muito delicado  Muito delicado a gente sabe que não é que é esse fio que ele que a gente tá atravessando ele pode virar  Por um lado ou para o outro  Pode ser oportunidade interessante cima para o povo mas pode ser também uma enrijecimento  Dudu que sabe que a gente já tem de história de autoritarismo e dominação  Então vamos estar junto  Vamos ver as nossas diferenças de opinião como algo enriquecedor  Mais unido no principal que eu acho que nós temos uma situação muito com dente agora a gente tem que  News né meu ponto de vista eu acho que também o ponto de vista do estudado pela democracia contra o mal  Queria só que você desce a última palavra de  Para nós  E a gente vai encerrar então nós  Não só queria agradecer  Os companheiros pelo  Atividade com a oportunidade de falar  Sobre a questão brasileira e outras pessoas como a questão  Polêmica no final embora não tenha dado para  Profundar  Acho que é natural não  Eu já estou muito velho para ficar chateado com qualquer polêmica pode brincar faz parte  É isso aí só acho uma pena que a gente não consiga  Aprofundar tem muito  Tem muito pano para manga nessa história  Mas eu tô muito satisfeito de ter participado aqui  Achei um excelente debate  Achei muito  Produtiva eu queria consigo destacar  O quê  Fazer uma exposição sobre a situação para mim também é um aprendizado sempre  Você tem oportunidade de ouvir os outros  Questionar e levantar o pneu aí você aprende  Nós estamos fazendo uma turnê  Por assim dizer  Uma turnê  De palestras pela Europa e tem sido  Muito interessante e eu acho que  Bastante importante para luta como a companhia dos takoi que é  Uma questão que tá  Extremamente extremamente decadência no Brasil mesmo que a questão do golpe