Atropelamento de militante em Valinhos. MST precisa reagir - Programa de Índio n° 12

Boa tarde  Esse é o nosso programa de índio número 12  O programa da causa Operária TV que fala sobre reforma agrária sobre a questão indígena  Questões ambientais  Eu sou o Renato farac Neve apresenta o programa aí para você  Essa semana o programa tem como tema  O fato aí o atropelamento né que assassinou  Um militante do MST né do Acampamento Marielle vive  Na cidade de Valinhos  Próximo a Campinas aí no interior de São Paulo  E a gente vai ir vai debater um pouco essa questão importante aí esse fato que ocorreu  O que é extremamente  Significativo e que não tá sendo colocado não tá sendo discutido aí como  Como deveria  Então aí a gente vai  Colocar bastante coisa sobre isso  Antes de começar o debate aqui eu acho que é importante ressaltar reforçar e para o pessoal  Curtir aí o nosso nosso programa né curtir aí dá um  Um joinha aí para  O programa  Compartilhar nas redes sociais para deixar o programa aí mais conhecido tu  Tornar-se membro da causa Operária TV  Para contribuir aí com uma TV né  Uma TV dos trabalhadores aí que defende a classe operária  24 horas por dia  Não contribuinte por apenas sete e 90  Se tornando membro do canal  Cadê a causa Operária TV  Bom o nosso o nosso programa de hoje acho que  Começando a falar sobre essas questões  Referentes ao ao meio ambiente né  Hoje não é o  Agência Nacional de Vigilância Sanitária  É um órgão aí do governo  Publicou aí fez um  Novo critério de classificação  População de agrotóxicos  Essa onda do governo de liberar  Agrotóxicos aí a  É sem critério nenhum não é para beneficiar os latifundiários O agronegócio aí né  Ele não só  Liberando  Uma série de produto  Ele também agora está mudando os critérios de classificação  Segundo a nova  A nova classificação aí da Anvisa  Quer que eu acho que chama atenção é que assim  Os produtos que são considerados de extrema toxicidade toxicidade  Caixa de 700  Para cerca de 300 então cai mais pelo mais que a metade  É o número de produtos que são classificados aí como extremamente tóxicos  O que seria a Ilma  Informe informativo aí né para quem está manipulando tudo você se produz  O Governo está reduzindo mudando a classificação fato que vai prejudicar ainda mais  Não é o pessoal que está manipulando  Esses produtos e mostra aí por aqui  Qual quê qual que é o interesse do governo nesse  Essa questão do liberação dos agrotóxicos  Junto com isso né tem também  Uma nova aí na ontem né o governo anunciou aí mais  A liberação de 51 Novos Produtos aí né 51 agrotóxico  Então nesse ano já são 262  Agrotóxicos em liberado  É o maior número aí da  Nesse período já está batendo recordes aí né  Neide  Vídeo produtos liberados  Recolocando apontando aqui  Agora que o afrouxamento da legislação dos critérios da classificação  E abertura de  O registro é permitido Esse número estrondoso aí de  Quem vai ser prejudicado vai ser as pessoas que estão o trabalhador que tá manipulando primeira vez né  Que o latifundiário bota essas para os trabalhadores para  Para aplicar esses produtos  Vem junto com a  Com afrouxamento aí da legislação trabalhista para destruição da legislação trabalhista  A retirada aí também  As normas de segurança do trabalho né fica o corte aí de cerca de 90% dessas novas  Que atingem também o trabalhador  Do Campo né Que manipula produtos perigosos aí como esse sal grosso  Que estão sendo liberado  Então fica  Esse Alerta  Essa liberação aí a mudança na classificação tem muita ver por causa das críticas que tá sem  Colocado aí com essa liberação  Discriminada aí de produtos na senha  Os testes sem sucesso insuficientes aí para  Para ver como é que é como é que vai ser o comportamento desses produtos na saúde humana  Ambiente né  O Quitéria desse a mudança do critério de classificação aí da Anvisa tem muito  Ver com isso  Por que muitos dos que estão produtos estão sendo liberados estão entrando na nova classificação como produtos que  Tem que são com uma taxa de toxicidade aí Menor  Então muda esse mundo critério uma forma puramente burocrático  Chia serve só para esconder o risco e esse crime aí que tá sendo colocado pelo  Pelo governo bolsonaro aí nessas  No nessas instituições aí  Referente ao controle de agrotóxicos né  O que é que vai contaminar o trabalhador vai contaminar quem tá  Se alimentando dos produto  E também como a gente já discutiu aqui em outros casos que  A cada quatro cidades três estão com água contaminada pelos agrotóxicos  Por causa do uso indiscriminado aí pelo  Pelos latifundiários  Governo coloca novas regras tudo mais  Tem que  Colocar aqui. A  E também a um estrangulamento das instituições  As instituições do governo que fazem a fiscalização da aplicação  O Ministério do Trabalho Ministério do meio ambiente do que faz a fiscalização  É do da utilização desses produtos né então é um descontrole agora total né  Não vai ter um mínimo de controle  Os latifundiários vão mandar os trabalhadores aplicar  Contaminando aí  Esses caras vão ser ainda maiores Ned  Contaminação aí  O que a gente já colocou  Então tem que ser denunciado essa essa nova Fan  E a  Essa maneira de  Assim como no desmatamento né  Da Amazônia que o ministro inventou os termos aí na Ministro Ricardo Salles né inventou o termo de  Desmatamento relativo  O que para ele desmatar 7000  Quilômetros quadrados  É igual a zero  Não é igual a zero Hospital do desmatamento relativo agora ela  Ministério da Agricultura junto com Ministério do meio ambiente  Os golpistas aí do governo estão colocando esse inventando  Essa nova classificação  Esconde o verdadeiro risco aí  Desses produtos né  Os agrotóxicos  São utilizadas aí e vão causar um impacto na saúde do trabalhador e da população  Muito grande então  Fica aí registrado essa  Essa nova  Esse novo absurdo aí aprovado pelo governo né  O negócio que a gente tem que denunciar tchau  É um fato  O que tem que ser colocado e tem que ser  Os órgãos aí os sindicatos tudo né Tem que ter  Apertar o  Trabalho para fazer campanha contra isso fazer campanha dos Trabalhadores Rurais aí esclarecendo Recife  A outra coisa  Um outro assunto que é  O que aconteceu de importante aconteceu hoje aí né finalmente  O governo bolsonaro não miou  O presidente da FUNAI Fundação Nacional do Índio  Órgão aí que  Cuida aí referente né as questões indígenas  Então ele não me deu mesmo  Tá confirmado aquele  A indicação que tinha né  O delegado da polícia federal  É o delegado Marcelo Augusto Xavier da Silva  Tomou posse né ô  Hoje  Agora vai cuidar da sua  Ele foi dominado pelo General  Do exército  É o general  Ver só o nome dele aqui em General  Bom  É que eu acho que eu perdi o nome dele aqui  O importante que foi nomeado aí pelo depois eu procuro aqui direitinho  Foi nomeado aí pelo General bolsonaro tá que tá  Presidindo  Tá nessa  Presidindo aí a  A Funai  E a importante  Destacar que esse delegado da polícia federal  Ele já foi investigado aí por  Usado  Do cargo aí né delegado da polícia federal para investigar para ir reprimir  Os indígenas né no Mato Grosso do Sul  E algumas ONGs aí como  O conselho indigenista missionário que dá um apoio  Para os indígenas ali na região né  No massacre aí no  Na violência que sofre  É do dos latifundiários ali que tomaram conta então ele já foi investigado né já foi colocar  Em dois casos de  Perseguição e usuário do  Né então  Estava usando aí os contatos que ele tem  As relações que eles têm com os latifundiários ali do Mato Grosso do Sul  Então  O que vai vir por aí  Vai para a Funai e vai ser uma cama  Completo  Além do desmantelamento  Agora vai vir mais perseguição e intimidação  É porque o delegado ele é profissional nisso já fez isso já  É investigado pelo Ministério Público  Então  Vai usar a estrutura que foi colocada para dar assistência para os indígenas  Para reprimir ainda mais  Assim como outras  Secretaria sair tudo como  Dos indígenas que estão  Esses órgãos de Apoio aos indígenas estão sendo colocadas contra os indígenas  Os indígenas habitam  Da mesma maneira como estão fazendo com a secretaria de  De saúde indígena sesai  Que no primeiro momento o governo tentou extinguir não conseguiu dar  A mobilização dos indígenas de ocupação fechamento de Rodovia mas aí foi colocada a uma  Cama militar não é para  Para Essa secretaria para coordenar secretaria  É a Silvia wai-wai  E  Ela foi colocada aí nesse hora nessa instituição e  Tá usando isso daí para reprimir ainda mais os indígenas e acabar com a cesárea por dentro  Então os indígenas já tão pedindo a cabeça dela  É porque não representa o movimento indígena já tem carta um monte de  De órgão aí denunciando colocando os próprios indígenas associações  Denunciando essa  Essa Silvia né Essa bolsonaro está em dia  Bem provável que agora o delegado vai aumentar  Delegado da polícia federal vai aumentar a repressão  Principalmente nas áreas aí que tem muito conflito  Assim como o Mato Grosso do Sul  Uma área e que  Bate recordes de violência contra os povos indígenas e  E a gente vê como é que  Que funciona  Ainda não no dando sequência no  Do movimento indígena  Em Santa Catarina né no final de semana agora  Na terra indígena Tarumã  NET fica  Na parte leste aqui do de Santa Catarina  Fica perto em Araras município de Araquari e Balneário Barra do Sul  Ela foi está sendo invadida aí por grileiros  De terra né  Ligar daí a especulação imobiliária  E tem até tem dois vídeos aí produção Será que dá para passar  O que os indígenas fizeram aí com o pessoal  Os grileiros aí entrando dentro da terra elogiando a terra indígena e ameaçando  As famílias que estão ali de  Isso  Passa no centro daqui  Nós somos sempre daqui  Aí vocês vieram da onde  Certo  Deu para ver o vídeo que que os próprios indígenas aí  Apresentaram né  Dá para ver claramente o  O pessoal entrando na terra  E colocando né Dá para ver que  Dá para ouvir  Vocês falam vocês não são vocês são paraguaios né a terra não é de vocês  É esse pisarem aqui vamos meter bala né dá para ver essas ameaças  Como é que foi colocado  Nessa Aldeia em fevereiro  A casa de uma liderança indígena e ancião  Foi incendiada  Eu também nesse  É por essas pessoas é para esses grileiros de terra  Vira e Mexe tem denúncia saída dos indígenas de drone  Que ficam circulando até Regina Mater and Jenna pequena  É mais uma área de extrema de um valor  Imobiliária muito grande né fica próximo do litoral  É de interesse aí de  Grileiro de terra né da especulação imobiliária  É e tem eles vivem enfrentando sofrendo aí a violência desses latifundiários  Nessa área e tem uma nessa região tem um  Uma associação  No mesmo nos moldes aí dá  Da União democrática ruralista udr  É que é  Formada em  Na década de 80  Pelos latifundiários ainda de formar  Eles ajudaram a formar o pistoleiro né aí para matar os trabalhadores do campo  É e eles tem uma organização  É nesses moldes aí que Associação de proprietários e interessados  Em imóveis nas áreas de reservas indígenas  Do Norte de Santa Catarina  Maps  Então vocês vê essa organização ela faz  Faz Lobby aí contra os indígenas não faz campanha contra os indígenas  Vai ficar com essa  Argumento aí de que são paraguaios nenhum argumento  É que a extrema-direita usa contra os povos indígenas  Aí fica fazendo parlamentar fica  Levando o parlamentar tudo fazendo investigando e ameaçando as para mim então  Ela organiza esse proprietário  Não organiza essas pessoas que fazem a grilagem e também organiza as ameaças né  Financia esse  Principalmente essa  O fogo na aldeia as ameaças e as entrada aí foi financiada por essa organização  É formada por elementos da extrema-direita aí de Santa Catarina  É para atacar o  A terra indígena aí né expulsar os indígenas  E aí  Pegar se a terra e virar um grande  Loteamento aí de um condomínio  Sei lá de luxo por um ser uma área  Próximo à região de grande visitação  Do litoral de Santa Catarina  Então temos que  Eu acho que entra  Vai discutir mais nas próximas  Próximos debates aqui da  Desse programa mas  Fica aí a necessidade de reforçar a necessidade  Dos indígenas se defenderem  Criar um comitê de autodefesa  Ah não pode deixar não pode permitir que  A terra seja invadida  Cada recuo cada passo atrás  A direita  Cresce  É mais violento  Vai ver que essa política está funcionando  Eles vão  Extrema direita vai aumentar essa  Essa política de violência então  Criar os comitês aí que a gente vai reforçando de auto-defesa  Os movimentos indígenas e lutar pelo  Pelo armamento aí para se definir porque não dá para confiar em ninguém não sei na própria  Os próprios indígenas do local  É pra  Responder à altura a essa violência aí do da direita e de Santa Catarina  Santa Catarina Neve  No país inteiro que tá se  Se organizando e atacando a  Os povos indígenas aí de olho nas terras para  Para mineração para o agronegócio e para a especulação imobiliária  Ainda não  A pasta da porta da questão indígena  Também aonde os indígenas conseguiram  Recursos para  Estudar  Eu tenho um caso aqui lá da  Na cidade onde a gente fica né no município de Porto Seguro  Instituto Federal da Bahia do campus de Porto Seguro tenha  Licenciatura  Indígena  O que é onde os professores tudo dão aula né para os alunos  Tem origem a indígena  É para voltar aí na audição tem um  Um financiamento aí né do governo tinha né o financiamento do governo que está sendo cortado  Nilza estudantes Não estão conseguindo voltar  Para as aulas é porque tem um  O Estudante tem um período de alternância que eles colocam né fica um período  Como as aldeias são muito longe né tudo tem uma  Dificuldade de deslocamento em todo  Um outro  Mas vou trazer explicações mais principalmente a distância  Os indígenas os alunos indígenas que eles fazem eles vêm ficam período  Intensivo aí no instituto federal ficam alojados  Em algum  Algum local tudo alojamento  Depois ele fica nesse período que eles faz etapa de período Eles voltam para as Aldeias  Faz lá os seus afazeres tudo faz as aulas práticas tal e seguidamente  Passando alguns meses Eles voltam para  Para ter uma outra etapa do curso  Nesse momento com os ataques aí do governo bolsonaro né  Esses alunos do Instituto Federal aí da Bahia os alunos indígenas  Estou sem nenhum dinheiro para  Para se colocar aí para estudar  Tanto que  Os indígenas estão que estão sendo alvo aí eles estão que eles estão fazendo eles vão acampar dentro do Instituto  Não é porque não tem recursos para ficar no alojamento adequado então eles vão ficar de maneira precária  Dentro do Instituto Federal acampados né  É tudo para terminar  O seu curso aí da licenciatura indígena  Por que o governo cortou os recursos e não libera aí para  Colocar adequadamente  Os indígenas na  Não é para  Para dormir tudo para  Vai ficar lá alojado dentro de tudo Federal junto com  Com  Com a aula de outros alunos então que imagina como é que vai ser a situação desses indigestão  Da mesma maneira que tem o ataque as terras indígenas a violência direta contra  Os indígenas têm também agora os programas da educação que foram conquistados aí  Pelos povos indígenas estão ameaçados  Falta de recursos aí corte do bolsonaro  Que não vê aí porque não vê esse  Ver esse dinheiro para  O que é esse dinheiro que é investida aí nos povos indígenas para jogar e não  Os latifundiários estão  Cortando os recursos já tinha  Aparece a política já vem  Sofrendo um ataque né  Tem que colocar aqui ó  A questão do mais médico 11 dias  As aldeias aí ficaram sem nenhum médico né então  Não vai ter um cálculo  Me lembra de cabeça mas  Por volta aí de 80 a 90% das Aldeias estão sem assistência de médicos né  Com a saída dos cubanos  É não  Hoje inclusive o fim do programa mais  Acabou no médico não vai mais para as aldeias pela distância né tudo então  O governo bolsonaro vem estrangulando aí o movimento indígena  Trazendo a fome trazendo a  A morte por doenças  Extremamente simples de curar  Detratar  Então tá trazendo novamente esse tipo de coisa para o para dentro do  Das Aldeias das terras indígenas  O que é isso  Quanto mais necessidade aí os índios passaram o estrangulamento dele  Mas se você tivesse eles vão ficar violento  E principalmente serem forçados né dessa maneira  Violenta abrir as terras indígenas para mineração para  Reduzir para grilagem de terra para o latifúndio  Que só vai trazer mais miséria  Para os povos indígenas  Tem um pavão  Mais um ataque  Esse é um caso né O que que aconteceu em Porto Seguro que a gente ficou sabendo né que  Que vieram  Denunciar para a gente que tava acontecendo  Mas isso vai acontecer  Em larga escala e no  Deve tá acontecendo em outros institutos federais  Que tem que ser denunciado Então quem fica  Tá bem né tem que  Me manda aqui o a denúncia aí para o site  Por que a gente vai vai colocar aqui que é importante  Para a gente ver o tamanho do ataque aí do governo bolsonaro  Contra o  Compra os povos indígenas contra  Movimentos de luta pela terra né  E aí colocar aqui no program  Dando continuidade a nossa  Sair um pouco do  Das terras indígenas mas ainda no assunto de grilagem de terra  Essa semana  O site né que chamar de olho nos ruralistas  Divulgou aí uma  Uma matéria colocando  Que a família do  Do Paladino aí da Justiça o meu tá lá em  Edson responsáveis aí por grilagem de terra e tem até o PowerPoint fizeram Esse PowerPoint aí  Não sei se foi feito pelo próprio da Lenovo  Mas foi feito em homenagem a ele que mostra  As relações da família dele com  Não uso a grilagem de terra né ameaça e as famílias tu  Então não  Em dois estados né principais aqui são Mato Grosso é um estado  É de expansão agrícola e o Paraná  Então mostra as matérias aí mostro  Que a família do deltan dallagnol  Se beneficia a idade de Laje de terra então tem  Eu a matéria detalhada aqui né  Desde desmatamento  Nea conflitos de terra aí  Onde tiveram  Mortes nela  Conflitos violentos na contra  Trabalhadores do campo  É um uma um fato que chama atenção  É que eu  Um caso que o do INCRA né que aconteceu aí na  O durante o governo do Michel Temer  É que desapropriou um  Uma propriedade aí do da família dallanhol  A propriedade foi desapropriada  Por quase 36 milhões 37 milhões de reais  Não eu fui  Foi para a família dela aí ó  E aí juntamente com fraude aí com  Com parlamentares né com  Alguns servidores públicos aí  Aí o próprio Incra  Questiona essa desapropriação né já tem casa aí  Para questionar essa  Essa de desapropriação e beneficia o pai os tios e o primo  Do Detran né então  Um valor gigantesco  Como é que tá que foi colocado  E beneficiou a família do dallanhol que  Que a gente pode ver como  De todos esses que os áudios aí a operação vaza jato  Intersept revelou  E aí vamos agora mais sujeira aí dá  Da família dela aí ó  O que é o importante é que apontar  Principalmente nesse momento que tem a  Que a direita a Rede Globo os latifundiários atacam aí o MST  Vai tentando mostrar  De maneira faz uma farsa aí né de  MST vende Terra é um negócio tudo né  Usar as famílias sem-terra ficam 15 anos na na beira da estrada levando tiro  Para quando recebe um pedaço de terra vender  Até aqui nem é dele que é do estado como a gente já discutiu aqui em outros program  Assim esse fato é essa  Essa acusação essa matéria que mostra  Quem se beneficia aqui no esquema  Diga imagem de terra de fraude aí  No governo é a direita é o dallanhol  Nela Ministério da Agricultura aí né  Dia 12 de Janeiro no seu aqui também  Do familiar da família do ministro da agricultura do Michel Temer  E tinha um esquema de  De grilagem de terras aí  Do Inter  Para que colocar mostrar mais um  O protagonismo aí do Daniel e da família dele  É outro  Eu te chamar atenção aqui que é  Da família dela em Eu também é um esquema de financiamento né  Quer  A prima é do  Uma das maiores beneficiadas aqui do  Deixa eu ver aqui  Quero ver se eu acho o nome da  Da prima dele  Que ela recebeu  Uma das maiores  A terceira maior  Pessoa que recebeu o crédito aí né  Do governo  Não é para quê  Produção é supostamente a produção famoso crédito agrícola né que a gente sabe muito bem para que  A direita usa os créditos  No governo então  Toda a família do Daniel aí tá envolvida nesse esquema de fraude de terra de grilagem de terra  De desapropriações e legais né  Violência contra os trabalhadores do campo  Expulsão aí de posseiros tudo né que estavam na Terra  Há muito  Muito tempo aí foram expulsos por causa da família dela  A reportagem É bem interessante  Dá para ele a gente escreveu também sobre ela  Ele chega até assim durante a ditadura militar a família dela  Chegou a obter 400 mil hectares de terras dentro do Mato Grosso  Como  A gente Mostra aí como revela  Dalayol  Vamos ver o que que ele vai mostrar de PowerPoint  Como é que ele vai explicar toda essa  Essa  Essa mas essa  Vidência aí do como funciona  Para que que serve a  Casos de corrupção do que ele coloca quando aqui mostra  Esquema de grilagem gigantesco  Então vamos  Mais um passo aí para  Para frente ainda não  No assunto agora fiquei entrando  Não tem outro assunto que a gente ele entrou aqui  O que é um assunto importante  Aqui também tá  Com pouco destaque  E que vai servir para a gente entrar no assunto principal aí da do assassinato em Valinhos  Recentemente também o foi colocado aqui como  O general do Incra foi no meu  Nenhum  Um integrante da Polícia Militar  Um tenente-coronel  Da polícia da PM do Pará  Para ser o novo superintendente do INCRA  No Estado do Pará  Esse Coronel já foi deputado pelo PSD né  Já foi  Coronel já foi deputado estadual  Importante colocar  Esse coroa esse coronel da PM  Neil Duarte  Ele foi acusado junto com outras 17 policiais  Homicídio e formação de Milícia no Estado do Pará  Em 1994 aí um caso  Próximo à Rodovia do Tapanã  Na região metropolitana de Belém  A execução de  Acho que 10 pessoas 10 adolescente  Black as testemunha tudo  Foram executados tiveram amarrar que foram amarrados torturados e executados por esses policiais  É até hoje não aconteceu nada eles foram julgados  O ano passado mas foram absolvidos  E o Ministério Público nem recorreu  Mensagem de saber como é que funciona isso daí  E esse Coronel  É que a acusada aí por milícia a gente sabe muito bem o que que é uma milícia no Pará  São os antigos esquadrões da Morte aí da ditadura para perseguir liderança  Foi indicado  Superintendente que ele vai cuidar do Estado do Pará na área no estado onde os conflitos agrários são  São os maiores do país e as maiores causas de  São registrados ali de morte de despejo  De ação violenta  Recentemente que teve o massacre do  De Pau d'Arco né com envolvimento da polícia da PM da Polícia Civil  Que matou 10 pessoas  1060 trabalhadores sem terra  Na liderança que tavam aí  Não acampamento  É no município de Pau d'Arco  Que teve todo mal  Ação formal  Mostrar ali não tem nem como duvidar da  Dação nem a própria  Para os policiais não conseguiram  Além de mentir mas não conseguiram  Esconder o que aconteceu  Então assim como colocar um integrante do Esquadrão da Morte do Pará acostumada a fazer isso  Organizar e a PM para matar os trabalhadores agora ele vai cuidar  Das questões  Agrárias não imagina como é que vai ser  Tratado Essa questão aí na  No Estado do Pará  O estado que já é violento agora mais violento ainda  Por que o Incra vai ser como se fosse um braço da polícia aí dos latifundiários  É para assinar  Os trabalhadores intimidar tudo  É para legalizar essas terras aí  Casa direitinho a numeração desse Coronel Aida  Do Esquadrão da Morte  A tentativa de legalizar a grilagem no Estado do Pará  Diga aí aqui tá sendo apelidada de lei da grilagem  Foi aprovada aí rapidamente no  No congresso do  Assembleia Legislativa do Pará  Então  Já tem uma mobilização aí da direita dos latifundiários né para  Para expulsar os sem-terra dessas áreas que vão ser legalizadas aí né  O estado do Pará  E agora  O Incra vai ser utilizado para reprimir ainda mais  Esses movimentos de luta pela terra  Dentro do Estado do Pará  Não é para jogar jogada ensaiada aí tudo direitinho  Coloca um  Representante do Esquadrão da Morte acostumado aí  A mata Trabalhador em time da  Vão legalizar a grilagem no Estado do Pará  Junto com essas políticas do governo tudo de repressão de corte de recursos  É para estrangular eu  O movimento  E aí vai vir novos casos a violência e vai disparar e mais novos casos aí de massa  Chacinas aí dentro do  Do Estado do Pará  Isso esse assunto tem tudo a ver com o assunto do  Do do programa de hoje  O que é o assassinato aí covarde né aí  Violento  Não é do Trabalhador aí do  Luiz Ferreira da Costa de 72  Foi assassinado aí  Forum bolsonaro  Que jogou a sua pickup aí no manifesta em cima do  Manifestantes do MST  Que tava fechando a rodovia que é próximo ao acampamento Marielle vive  Na cidade de Valinhos  E aí tem as imagens do acampamento  Rua Campo a manifestação é uma manifestação pacífica não tinha nenhum tipo de  Violência nada era só o fechamento da BR  Usou as famílias estavam distribuindo alimentos como forma de  De manifestação e de protesto os alimentos produzidos dentro do  Arma  Manifestação que não tinha mínima  Mínimo assustava ninguém não é uma manifestação  Para reivindicar água e luz ali dentro do acampamento  E esse bolsonaro está aí se sentindo à vontade não é estimulado pela situação política  Jogou a Sua picape  Em cima dos manifestantes  E acabou passando por cima de atingindo aí  Cerca de 15  Manifestante  E levando à morte aí né assassinando  Esse 12 aí né com Pedro Luiz Ferreira 72 anos  Que teve a cabeça esmagada pela pick-up  Assustou aí o pessoal saiu correndo  O bolsonaro está na net  Que jogou a terra jogou a Picape  Em cima do  Dos manifestantes  O Leo Luiz Ribeiro  Ainda depois parou a Picape desceu do carro  E aí mostrou as armas ameaçando ainda mais os manifestantes  É para gente ver que eu  A direita aí tá se sentindo à vontade né o negócio  Eles não têm já sabem que não vão ser punido  Vai como é que  Que isso daí não vai dar em nada  Está sendo estimulado aí pelo governo né pela  Pela imprensa  Burguesa né que faz campanha  Contra mestre uma campanha suja contra  O MST estimular esse tipo de ação  É do do bolsonaro  Eu acho que é tem um vídeo aí também produção chama  Que mostra  O irmão dele  O irmão desse bolsonarismo  No na delegacia né porque no dia seguinte esse bolsonaro já foi preso  Irmão dele foi lá no local  Ah tá caindo  No vídeo aí mostra claramente o que que é extrema direita né que que nós estamos falando aí  Quando a gente fala que não dá para conviver com esse tipo de pessoa pacificamente não dá para conviver com ela  De maneira pacífica  Dá para passar aí para mim  Tava todo mundo lá tava parado todo mundo ele saiu lá de trás entrou na faixa da contramão  Deu uma reduzida engata uma marcha  Todo mundo tá parado na faixa da direita ele saiu de lá ele saiu de trás do carro lá atrás  Veio então eu não sei o que foi correto  Não ele não tem o direito de matar ninguém ele ele não foi ele não foi  Ele foi para passar em cima ou encima  Então  Irmão e eu sou contra  Fazer pastel para todo mundo que tá na frente  O carro pode passar em cima de todo mundo  Uma coisa para fazer uma coisa por favor  Denunciasse e outra coisa agora não justifica uma matar uma  Ele foi para matar todo mundo tem uma coisa uma coisa uma coisa lá  Ele passar com o carro por cima da outra coisa  No vídeo aí dá para ver como é que é a direita né  Justifica nem você assim jogar o carro em cima dos manifestantes dentro  O que é protesto não quer nada  Esse é o tipo de  Tem pessoa que a gente tá  Que a esquerda que os movimentos de luta pela terra né  Os indígenas quilombolas e os trabalhadores  Tão ligando aí não é esse  Justifica você jogar aí você assassinar um trabalhador  Como é que tava reivindicando  Não ele não tava  Você pode ver que tanto faz a manifestação você  Pacífico violento a direita defende  Jogar o carro em cima né assassina  Atropelar passar por cima do  De um trabalhador  Trabalhador sem terra aí  Com 72 anos né até  Companheiro tava estudando tudo para  Aprender a ler e escrever  72 anos lutando por um pedaço aí nunca teve oportunidade de  Determinada lutando por um pedaço de terra  Se tratando dessa maneira como lixo à direita  Como lixo os trabalhadores do campo  Bem vem essa esse vídeo tudo falando tem que jogar em carro em cima mesmo  É do meu irmão aí do também bolsonaro  É a mesma coisa como  Bolsonaro aí trata  O trator e os nordestinos  Trata como lixo né  É um  Eles acham que  Os nordestinos são lixos que os trabalhos trabalhador para eles também é ser opinião de  Trabalhadores sem-terra são lixo  O MST é um lixo não é uma organização dos indígenas  O vídeo aí dos grileiros lá no no Pará no Santa Catarina  É na terra indígena Tarumã  Essa unção tudo Paraguai né são lixos tudo  Você já foi a declaração do  Deputado bolsonaro está aqui  E quebrou a placa lá  Na campanha eleitoral  E falou que os índios era tudo Paraguai  Para eles é um lixo que justifica você assassinar jogar o carro  E essa é a direita  Que a gente vai lhe dar  Esse esse assunto é importante a gente gastar um tempo aqui discutir bastante  Porque ele mostra  Justamente  Como a gente deve agir né como  Os movimentos de luta pela terra os movimentos de esquerda devem agir  Diante dessa situação  O fato é que a gente vem discutindo bastante da nossa empresa  Esse fato mostra que não dá para conviver com  Extrema direita  Não dá para conviver com a  O bolsonaro para quem defende aí  Aguardar 2022  Imagina como é que vai ser daqui  Quem vai ser o ano que vem você entendeu tem uma série de  De medidas aí que vai  Acabar mais uma garota movimento né vai acabar os partidos políticos à esquerda do partido  Esquerda né  Vocês mais aí no campo então esse vai ser o primeiro  General General no Incra  Indicado um representante do Esquadrão da Morte na responsável aí por chacinas no Estado do Pará  Responsável pela superintendência do INCRA no Pará  General na Funai  Tem para onde nós vamos caminha nós estamos vai caminhar aí para o  Para esmagar para você vai faltar agora  Votar no paredão e assassina não tem mais para onde correr  Eu não dá para conviver mas esse vídeo aí moto tem que atropelar mesmo não tem que tá fazendo  Não acho certo fazer manifestação essa foi  A justificativa então se não pode ele se ele não gosta que faça manifestação  Ele vai lá e justifica ele é atropelado  Bonequinho de pessoa  Tá com uma Picape então justifica matar  Uma pessoa então esse é o tipo de  De gente que essa é a direita Esse é o pensamento da direita  Aí a direita não é só a direita  Psl né  Aí tenta colocar aí  Esse é o  A direita do  O PMDB PSDB também tá defende esse tipo de coisa  Estamos ligando aí o pessoal fala  O setor da esquerda quer fazer aliança com  Complexo B mais tira esse exemplo aqui também em São Paulo  O exemplo do Dori aí do  Da dupla Dória Covas  Hidratar aí joga água fria  Os trabalhador  Os moradores de rua né não no meio da Madrugada Fria  Arranca cobertor  Joga bomba no  Usuários de crack aí né  Os viciados  Como a direita  Trata os trabalho como lixo  Como um por um  Então nesse caso o debate que a gente faz aqui com a  Abrir um debate aí com a esquerda né com os movimentos  É de luta pela terra com os partidos políticos com sindicatos né de  De esquerda  Que a gente aqui tem que acabar com essa  Com essa discussão esse  Peça do pacifismo nedic  A gente tem que  Correr para as instituições nessa agora  O cara que assassinou esse trabalhador está preso mas a gente sabe o que vai acontecer  O cara não vai ser  Se acusado e não vai ser  Não vai acontecer nada com ele vai se sentir à vontade  Isso vai  Estimular os outros e outros setores aí também da direita  De fazer a mesma coisa porque porque não tem reação  Então o debate que a gente tem que fazer  Aqui  É que a população tem que reagir  Reagir a altura que  Colocar essa discussão  Acabar com essa  Conheci  Conclusão preconceito né porque não saber o que que  O que que tá falando direito de se defender o direito fundamental de auto-defesa  Inclusive desse arma nesse momento nós temos que lutar aqui o trabalhadores do campo  Não fala trabalhadores do campo mas principalmente os trabalhadores do campo  Pelo armamento porque a única maneira de se defender disso é o armamento  Esse bolsonaro está em que jogou o carro matou uma pessoa e  E feriu 15  Depois ele desceu do carro armado você sabe quantas pessoas mais ele poderia ter  Assassinato  Se ele tivesse feito isso  Não teria acontecido hoje  Faria isso tranquilamente que não conseguiria ter nenhuma reação  Ela tá com uma Picape uma arma  Contra os trabalhadores armados de que de  De alimentos  Uma abóbora de um  O cabo de bandeiras entenda não  Os trabalhadores têm que ter essa USA  Os movimentos aí tem que ter de lutar pela terra tem que ter  Não é o direito de  E se depender de se armar e de reagir né  O debate é isso  Em que região a altura não dá para deixar  A direita fazer o que quer  Trabalhadores vão recorrer para quê  Para polícia proteger  A gente já viu como é que funciona a polícia  É a polícia federal todas as instâncias da polícia polícia federal aqui  Participando toda dessa perseguição aí contra o PT contra o Lula contra os movimentos de luta  Ver o delegado agora que acabou de ser indicado para presidência da FUNAI  Tá sendo investigado aí por usar  A Polícia Federal para perseguir os indígenas  Né para correr atrás da Polícia Militar  Polícia Militar tá acostumado aí  A tratar eu  Os sem-terra trabalho tratar o trabalhador na bala como a gente já conhece  Polícia Civil é a mesma coisa  Massacre de Pau d'Arco  Recentemente aí no caso dos indígenas lá que foram  Se defenderam e mataram dois policiais civis  Entraram dentro da Aldeia armado tudo  Escondido lá sem viatura sem a  Identificado  É para  Para cometer alguma  Algum assassinato lá mais violência contra os indígenas lá da terra indígena de Dourados  Não tem no judiciário judiciário a gente vê como é que funciona  É extremamente  Está ligado com essa  Com a burguesia com os latifundiários  Aí o governo na mão dos bolsonaristas aí dos latifundiários  A única coisa que os trabalhadores têm que  Ou conseguem ser apoiar e na própria política na própria organização  Próprias pessoas que fazem parte desses movimentos  Então a  O debate que tem que se abrir aí  E aí tem que ser colocado na ordem do dia é que  A direita não pode reclamar  Os trabalhadores  Reagir  Altura das Orquídeas que estão sendo atacadas não dá para  Então nós temos aqui  O MST né Principalmente o mês que é o maior  O mais conhecido aí o maior  Movimentos de luta pela terra  O que é alvo da direita tem aí até  Projeto aí para tratar  Considerar o MST como organização terrorista  E outras organizações também mas principalmente  O MST  O que tem que ser colocado aí  Essa falta de reagir a altura não dá para correr atrás das instituições  Dominadas pelos golpes  Não dá para correr atrás da polícia  Não dá para esperar até 2022  É para eleger um candidato da esquerda é porque a gente não sabe o que vai acontecer até lá  A bandeira de  Derrubar o bolsonaro é precisa acabar com  O governo bolsonaro imediatamente  Precisa ter uma reação contra a direita  Não é contra os latifundiários né  Não deixar eles é seu Face  Para barrar  Arrais ofensiva e tomar novamente o governo aí para  Para as mãos dos trabalhador  Que isso tem que ser colocado na ordem do dia  A direita justifica isso  O governo bolsonaro cigarro aí dá  Que que foi reduziu aí as ocupações de terra né  Juntos por causa da política dele de  É mais repressão  Me acordar todos os  Os Crédito Rural studies triangular  Os agricultores aí dos assentamentos  Né é privatizar os assentamentos  Que já tá está na pauta do dia que tá em a todo vapor aí né  É uma tentativa de jogar as famílias contra  Os movimentos sociais né porque  A terra não é dele a terra do Estado Mas a partir do momento que você que o governo bolsonaro quer fazer  Dá o título da terra é a privatização dos assentamento  E aí o agricultor sem crédito passando fome é claro que ele vai vender a terra  Seja por causa da Fome seja por que tá sendo ameaçado pelos latifúndios  Então  Não só acho que o chamado tem que ser não somente com  O MST nos movimentos de luta pela terra  Net tá enfrentando aí  A Fúria da direita dos latifundiários  Mas também teria que se chamado ser para  Cutnell sindicatos e os partidos de esquerda entrar nessa na luta e do  Movimentos de reagir a altura né  Entrar na defesa  Do armamento da população  Não é não  Entrar nesse  Argumento da  Dá para ver direito né  Da ou da esquerda da esquerda pequeno burguesa que tem esse  Que fala que  Não a armamento vai aumentar a violência sendo que a gente tá vendo que tá aumentando a  É quem tá armado são os latifundiários a direita polícia  Quantos trabalhadores estão sendo esmagados aí literalmente  Não é pelo  Pela direita pelos latifundiários então  Esse debate tem que ser feito de maneira séria de maneira concreta  E não com preconceitos com  Consentimento senão eu sou pacifista  Não quero mais muito mais  O que é a realidade mostra  Os trabalhadores precisam se defender desse dessa violência para estamos aqui com um monte de casa  Monte de  A violência aumenta a cada dia o governo esconde os números  Então  Tem que reagir  É tem que reagir altura cada ação tem de ter uma reação  Né tem que ter criar os comitês de auto-defesa esses comitês tem que estar bem preparado para  Para se defender desse tipo de ataque aí como a gente vê  E não dá para  Acho que já  Mostrou suficientemente aí que não dá para conviver com a direita  Econ  O governo bolsonaro é preciso derrubar o governo é preciso lutar a entrar na paz  Colocar na pauta aí  Fora bolsonaro né  Todos os golpistas né não tem  Não tem que ter tem que derrubar o  Os vazamentos aí do intercept mostrou que  Da Conspiração aí  Da operação lava jato do Sérgio moro  Não é para prender Lula não é para  Fraudar as eleições e colocar o bolsonaro no poder então  Mais uma vez  Fora bolsonaro tem que ser na pauta dos movimentos de luta pela terra  É conjunto com outras questões como do armamento de autodefesa  O que é preciso revidar é preciso reagir  Altura  Tá na hora dos movimentos aí de luta pelo campo  Iniciar uma onda gigantesca de ocupações de terra  Fechamento de BR  Ocupação de órgãos públicos Assim como  O movimento indígena né os outros movimentos de luta pela terra  Quilombola seja Trabalhadores Rurais  Então você já tá casado sair na questão  Liberação do agrotóxico da legislação trabalhista  Junto com o sindicato tem que  Greve tudo paralisação  Para acabar para derrotar e botar o governo aí contra a parede  Não é acabar com essa ofensiva  E derrotar o governo bolsonaro  Meu amor  Ver se tem alguma coisa aqui  Não no chat  É uma pergunta então  Vamos Seguindo aqui depois a gente  Tá desculpa  Junto com esses dois casos É acho que  Registrar aqui  Nós tem que também tá  Tá se acabando  Dois despejos aí que são importantes junto com s  Esse assassinato com ataque da direita também é direito atacando fazendo despejo sair  Diárias importantes são  São três casas não tem na versão 3 casas  2 em Minas Gerais que tem a ver com o Governador aí  O Zema  Governador do partido novo  Um elemento da direita também  Que veio aí para acabar para  Fazer a mesma política do  Os bolsonaros são dois casos que é  O acampamento Bela Vista  No município de Rio Pardo de Minas  Eles foram sofreu um ataque nenhum  Eles estão numa área que é uma área que não tem  E aí já foi provado que é do estado  É uma área pública  Estava sendo grilada pela  Monopólio ainda Gerdau  Factory ele por causa que entrar aqui  Ou se utilizavam dessa área do estado  As famílias aí organizadas pelo MST  Município de Rio Pardo de Minas ocuparam esse latifun  Então eles estão lá produzindo tudo com seus barracos lá construir  E é aguardar tentou reintegração de posse não conseguiu porque não tem  Era uma terra por  A própria direita para prejudicar o golpista não conseguiu  Manobrar para  Fazer o despejo  Então como não conseguiu na justiça a direita né como como de costume utilizou  Métodos  O que eles fazem por debaixo dos panos aí não institucionais  Colocou aí os Pistoleiros para invadir o acampamento então três mortos aí com vocês  Pistoleiros invadiram  Ameaçando as famílias as famílias fugiram aí para  Para o mato né para para Matinha que tinha  E os Pistoleiros ficam gritando que ia matar todo mundo que o pessoal tinha aqui  Que saí de lá e tacaram fogo em todo o acampamento destruíram os bens aí das famílias  E aí tem as fotos né  Do que sobrou né do  Do acampamento  As famílias estão nesse local aí  Aterrorizada sair com a  Com essa ação da direita  E o outro caso  Ocorreu na  Não não não assentamento  Numa área  Como é que é  Chamar Quilombo quilombo  É só um minutinho que tá  Acampamento Quilombo Campo Grande  A gente conversou com fala um pouco sobre isso no  No último  No último programa  O que o governo a justiça tinha dado a reintegração de posse  Mas ela voltou atrás né não não emitiu a reintegração de posse  Nas famílias que estão lá cerca de 450 famílias estão produzindo muita coisa  Nesse nesse assentamento  Quero a antiga  Usina ariadnópolis  Não é não  Então  Esse  Esse assentamento no Município de Campo do Meio  Já tinha sido  Os acampados lá do Mc tá bom  Como é que é comemorado o que tinham como  A emissão de  O despejo não tinha sido realizada né não tinha dado a ordem de  E só que nesse momento  Governador Zema né que que ele fez  Como uma Retaliação  A decisão da justiça ele revogou  O decreto  Desapropriação da  Desse latifúndio  Eu já existia um decreto de desapropriação dessa aí  Não é para  Para que essa área virasse uma sentamento já tinha  Até uma negociação no extra.com  Com os grileiros né os latifundiários  Quem tava um grilo dessa terra  E agora eu sei mas tirou revogou o decreto de criação da sentamento novamente a família  Despejadas aí  É porque o processo de criação desse assentamento foi paralisado foi tirado o decreto  Então  Vai ser  Novamente essas famílias vão ser ameaçadas não vão ser  Jogada aí para  Para a Deus dará  Daí ficarão sujeitas a ação dos latifundiários dos Pistoleiros da extrema-direita  E o outro caso aconteceu na Bahia  O que é  Na Chapada Diamantina  Onde os latifundiários se organizaram aí até  Utilizaram aí algum  Algumas famílias que estavam acampados  E tentar uma reintegração de posse aí forçada senha  Os métodos legais aí para expulsar as famílias tentar  Uma um despejo aí  É uma integração  Forçada  E aí tentaram aí deixar as famílias aterrorizada então mais uma vez  Reforçar  O que a gente discutiu anterior  A direita dá sentido à vontade porque  Os movimentos aí de esquerda é tudo tão recuando diante da ofensiva da direita  Então são três casas mais o assassinato mais a invasão da  Das terras indígenas  Que a gente mostrou que  A Escalada aí tá no  Uma progressão geométrica então  Tá sem controle tão fazendo o que querem  Tudo fruta do fruto do governo bolsonaro então  É preciso reagir é preciso  Mostrar para direita  Que não vai haver né não vai  Os movimentos dos trabalhadores da esquerda não vai ficar calada  Vou recorrer para justiça para  Vai ser a própria os próprios trabalhadores que vão se defender  Não é dos ataques da direita  Acho que se eu uma boa  É uma boa discussão que tem que ser feita que tem que ser colocada junto com os companheiros  De luta pela terra dos diversos movimentos do sindicato  Horários que atuam também na  Na questão agrária  Sobre o que tá acontecendo  E o último para a gente ir encerrar aqui  Reforçar  Reforçar uma denúncia  Que aconteceu lá próximo da  Da de Porto Seguro né no município de Eunápolis  Onde aí os trabalhadores que  Reagiram a  A violência aí dos Pistoleiros contratados pela empresa veracel  Celulose em extremo sul da Bahia não  No município de Eunápolis  A gente discutiu bastante aí no programa Tudo  O que que aconteceu nesse  Nesse final de semana  A polícia civil aí junto com a justiça realizarão aí uma  Uma  Uma oração para prender as lideranças desses trabalhadores que se defender  Os Pistoleiros aí da veracel  É da questão  Travesti do saida  Como uma empresa de segurança que chama  GPS  Então foram foram presos aí  9 mandatos de prisão não aprenderam aí 9 Trabalhadores Rurais  Entre eles está um advogado  Estava auxiliando essas famílias que estão Está sendo acusado aí também  Olha as arbitrariedades aí da direita e do Judiciário golpes  O próprio advogado que tava defendendo as famílias no caso  Foi preso né com essas acusações  Esdrúxula saído  Não é do da veracel  E da Justiça aí que que acontece  A gente tá  Acho que é importante colocar aqui o pessoal da Imprensa golpista aí né  A própria veracel contratou aí os órgãos de imprensa local  Para fazer campanha contra esses trabalhadores  Para mostrar esses trabalhadores como um b****** tudo  Falando o quê  Essa empresa de segurança chegou no local  Empresa de segurança aqui Não usa nem arma né que elas são  Eles só ficam rondando as áreas para denunciar  Mas é importante  Colocar o que que é essa área que foi  O que ocorreu esse conflito  Ela tinha sido novamente reforçando  Uma coisa que a gente já discutiu aqui  Já foi ela tinha sido  O que é ácido feito mas a integração de posse os trabalhadores saíram da área  De maneira sem conflito  E passou 5 dias  Né que é o prazo que a justiça das famílias recuperam essa área  É uma área sem documento  Mel Maia  É uma festa na fazenda sítio Esperança  Maria Camila céu não tem documento né Tem uma documentação  Fruto da grilagem de terras dos latifundiários e da própria veracel  É acusada a IKEA  Digitar veracel aí vocês vão discutir  Não na internet não ver a quantidade de coisa que tem conta na veracel desde crime ambiental  Crime de pistolagem de  Contra os trabalhadores  Essa empresa GPS ela foi nos vídeos que tem  É que passa aqui  Circularam aí nas redes sociais  Tinha seis viaturas aí né  Quase uma  Aproximadamente 30  Homem sair da segurança né segurança entre aspas né que é o são os  Que que eles foram fazer no local com essas  Chiquititas  Quem tanto esses seguranças foram esses Pistoleiros foram lá na  Nesse acampamento que foi nessa fazenda que foi ver o culpado  Nada mais nada menos foram tentar  Não é fazer uma reintegração de posse  Sem minimamente aí autorização da Justiça que provavelmente adapta Justiça está do lado da vida  Dos latifundiários na dessa tentativa de intimidação  De ameaça  Empresa GPS  Não ela ela anda armada no local  Todo mundo sabe da região está própria  O pessoal da região  Não  Daqui trabalha na região sabe disso né quando eu viro falar que os seguranças da  Na veracel anda só com cacetete pessoal da risada porque eles andam mesmo arma  Nos acampamentos quando eles vão visitar  Tem arma não só arma pequena mas arma  É grande mesmo para intimidar  Foram fazer isso daí a família  Reagiram  Eu separei um vídeo aqui que a produção vai mostrar  Um outro caso  O que aconteceu que como esse seguranças da veracel trabalho tratam  Seguranças entre aspas  Trata uma população da região  Em outro caso aí que aconteceu no município de se eu não me engano de Itapevi  Também ali na município  Próximo a Porto Seguro Eunápolis  Eles pegaram e se a empresa  GPS  Ela eles pegaram os trabalhadores aí na  E humilharam esses trabalhadores  E o que que eles fizeram pegaram esse trabalhador  Ameaçaram ele está Trabalhadores  É tão sofrido ameaça de segurança no meio imagina no meio do campo  De fazendas aí onde não tem ninguém não é isolado  Ameaçaram colocar humilhar esses trabalhadores fizeram vídeos E jogaram nas redes sociais  Onde eles pedem para os trabalhadores  Se identificarem falar da onde são né O que estavam fazendo  Ah então para humilhar aí  Os trabalhadores intimidar a população da região  Onde a veracel aí tem muita terra grilada muita terra sem documento  Comédia as melhores arbitrariedade  E a população de ficar com medo de ocupar a terra na onde denunciar  Esse tipo de coisa que  Essa violência a grilagem de terras crime  Contra  Contra a população  Contra os crimes ambientais aí que a veracel  Eu pedi para a produção  Colocar aí  Aqui ó toque preço  Na hora que você caçar você lembrou disso né  Quero saber o nome de cada um Como que é o nome do senhor  Zezinho Erivaldo e o senhor e o senhor  Itagimirim  Beleza  O vídeo aí dá para ver como é que  Cores com a  Ouvir em falar que a  Uma empresa de segurança pacífica tudo que é o seguinte nesse negócio do vídeo acho que  Comentar duas coisas  São importantes que apareceram na discussão  Do das denúncias aí que estão sendo feita né  Primeiro é assim  Aqui dá para ver claramente a lição  Que se  Trabalhadores estavam caçando né  Duas coisinhas que é importante colocar  Se eles estavam caçando eles estavam armado  Vamos supor que  Que tava isso daí que tava acontecendo no vídeo não mostra claramente  Marisa  E os seguranças da veracel essa empresa GPS  Como a veracel coloca como foi divulgado pela pela empresa pela imprensa do  Eles não andam armados né eles andam com cacetete  Aí a pergunta que fica como que os seguranças que são  Não se não usam de violência  Armário somente de um cacetete em um pedaço de pau  Imobilizaram aí 45 trabalhador  Estavam armados que estavam com cachorro  Então que que eles são nessa  Seguranças da veracel dessa GPS são injeção  Latão  Fazer  Conseguiram desviar das balas sabiam né foram fizeram uma arapuca  Preciso trabalhadores aí  É claro que não né você ver aqui o próprio argumento da dessa empresa latifundiária a ver assim  Mostra revela  A farsa que é  É os argumentos de que os seguranças aí  Esses Pistoleiros é não somente de cacetete né  É lógico que essa empresa  Essa empresa GPS de segurança  Foi para cima dos desses trabalhadores armas foram armados né  Olá entenderam aí você trabalha por que tá bom armado não foram caceta  Os trabalhadores em um sai correndo né ou até revidar os tiros aí conta  Contra os seguranças pacifistas aynek  Nada a ver assim  Então e a outra coisa que ela quer  Como colocar aqui  E aí algum  Alguma pessoa ingênua aí para não falar outra coisa esse debate aqui dentro da  Não pode fazer ao vivo  Uma pessoa ingênua de falar mas eles estavam caçando fazendo coisas erradas  Eu acho que  Nada justifica  Ninguém tem esse  De pegar  O porque eles estão caçando o que fazer as perguntas aí  Vai fazer um esses argumentos moralistas aí né Do que tá acontecendo  Você pegar e expor né uma segurança privada na unção pistoleiro  Daqui renderam aí trabalhadores intimidaram eles né fazendo o quê  Humilhando eles tem que saber que todos estão no chão  É certeza que  Não mostra no vídeo mas eles devem ter sofrido violência  Física mesmo né Não só esses  Essas ameaças com arma tudo devem ter apanhado aí tomando tapa  Foi colocado aí que dessa maneira então  E pegar pegar para ele se identificar em ser expostas aí nesse vídeo circulou aí nas redes sociais  Da região  É humilhando os trabalhadores  E a gente vê isso daí ninguém não tem  Não tem como defender isso né não é nem eu  O próprio as pessoas que divulgaram esse vídeo aí para denunciar também ação  Da segurança  Esses Pistoleiros da veracel  Nada eles não podem fazer isso nem os próprios órgãos da polícia a justiça pode fazer isso de expor  As pessoas tudo ao  A humilhação né identifica aí para  Para sofrer qualquer Retaliação  Isso é importante  Próprios  É uma organizações aí de esquerda da região  Ficaram  Assim meio para defender por causa de defender esses trabalhadores e até defender esses trabalhadores que estavam  Foi humilhado sair pela guarda da veracel  Por causa da campanha da direita que foi feita lá né  Para reprimir com argumento moralista que eram bandidos tudo  E não é o caso né porque a gente vê aí  A veracel acusada de grilagem  É comum e com vários crimes ambientais aí nas costas  Que tem até processos aí de fraude na certificação Florestal né tem  Quem treinar  Na internet é uma coisa que a gente pode ir  Publicar aqui no nosso  Zona Sul  Na TV no no Diário causa Operária  Site de compra e de certificação para esconder os crimes aí da certificação ambiental  Aplicação florestal  Para esconder os crimes da  Da empresa aí da dessa empresa veracel  E aí os trabalhadores que estavam caçando sei lá um tatu alguma  Algum bicho ali para comer  Então assim tem lá uma empresa com 200 mil 300.000 que Tales de terra que comete as melhores arbitrariedade  Joga veneno aí na  A água da população em cima dos Trabalhadores  O milho aos trabalhadores aí vai lá e  Não tem nem comparação né você  Usar esses dois argumentos  E a outra coisa que é essa esse argumento se o que esse tipo de reação desses Pistoleiros da  É justamente esse debate que a gente tá falando ele vai servir para que  Para quem você sabe que a população da região sabe que não vai poder denunciar  A veracel ocupa a terra todos os crimes que essa empresa comete  Peça para empresa de segurança como  Por quê  Andando aí nesse no campo nessa nas áreas rurais ou na própria cidade da região cidade de São p  Eles vão ser reprimidos e não ser tratado dessa mesma maneira  Então tem que aqui denunciar colocar  Os movimentos aí de luta pela terra o sindicato também tem que entrar nessa briga  Não é pela  Pela punição aí dá  Pistoleiros aí que foram  Humilharam esses trabalhadores aí né  O que apareceu no vídeo  E também contra essa ação aí que foi colocada  Onde a população os trabalhadores sem-terra reagiram a violência dos Pistoleiros aí da veracel  Aí agora estou sendo preso  É por causa da  Pode se defender não é por reagir a violência  Leal  A violência do  Da pistolagem e da direita então  Fica aí o registro né tem que tem que defender tem que  Reagir a única maneira  Ned barragens ofensiva da direita né tem que fazer campanha agora para os companheiros que foram preso  Tem que ir lá  No presídio na delegacia tem que fechar a rodovia  Não eu tenho que fazer uma onda de ocupação de terras contra a prisão desses companheiros aí que foram  São vítimas de perseguição política  A gente pode ver  Isso também acontece nos movimentos  De luta por moradia  A companheira sair que foram presas no  Na cidade de São Paulo estão presos até hoje foram transferidos para o presídio né companheira Preto e Outros  Sair  Foram presos na luta por moradia  Tem mais que parece que tem mais 15 pessoas aí na li  Para as empresas do movimento de luta  Em decorrência da luta por  Por moradia então  É um movimento generalizado  Se ficar parado  Apenas a direita vai se sentir mais à vontade para atacar então  Tem que unificar o movimento da cidade e do Campo  Movimentos sindicais  Partidos de esquerda tem que entrar na briga pelos movimentos do  Não só na briga  No Google Maps  A mesma maneira que  Vai lá vai um parlamentar e fala no ato tudo não tem que botar tem que fazer campanha tem que botar dinheiro  Tem que botar a cara na hora de fazer  Porque não dá para conviver com a direita  Que conviver pacificamente para direita da Nice companheiros atropelados em despejo de terra  A prisão que luta por moradia prisão quem luta pela terra  E para quem  Tá aí caçando para comer né porque tá passando necessidade outra  Eca de e é humilhado em  É porque pela pistolagem  Então nós temos que combater esse essa direita e lutarei por  É para derrubar o governo bolsonaro  É porque é a única maneira  Como a gente já discutiu de  Acabar aí com essa ofensiva da direita  Tá bom então a gente eu acho que fica por aqui era falta aqui do  Do nosso programa era isso a discussão  Agradecer os companheiros aqui do chat né  Acho que não vai dar tempo  Produção acho que vai brigar comigo se se lê o nome de todo mundo  Mas agradecer os companheiros aqui para  Que participarão aqui das discussões do chat né  Colocar aí para  Denúncia tudo colocar e mandaram  Nas mensagens aí para a gente colocar na  Nos próximos programas colocar na nossa imprensa para dar matérias aí para nós  E fechando aqui  Curta o vídeo  Não é com compartilhe nas redes sociais  Compartilha a causa Operária TV  Storm esse membro da  Desculpa daquelas da causa Operária TV Natura apenas as 7 90 você contribui  Para uma empresa dos trabalhadores para a gente manter aí nosso  Nossa estrutura é ampliar  A equipe nos equipamentos da causa Operária TV para construir uma TV aí defesa dos trabalhador  Indefesa  Os trabalhadores da terra dos a questão indígena  Né que no nosso caso  E é isso  Então muito obrigado aí Boa tarde a todos e não perca na próxima quarta-feira o próximo programa de índio  16 horas  Discutindo as questões  Da grade as questões dos Sem Terras questão indígena  E as questões ambientais estão muito obrigado e até a próxima